Brasil e Reino Unido assinam acordo bilateral durante RioContentMarket

Nesta sexta-feira (3), a Associação Brasileira de Produtoras Independentes de TV (ABPITV) e a Aliança de Produtores de Cinema e Televisão do Reino Unido (Producers Alliance for Cinema and Television - PACT), assinaram, durante a segunda edição do RioContentMarket, um protocolo de cooperação e coprodução audiovisual que servirá como ferramenta de promoção e desenvolvimento da produção audiovisual entre os dois países. 

O acordo foi firmado pelo presidente da ABPITV, Marco Altberg, e o diretor executivo da PACT, John McVay. A colaboração é assinada em conjunto com Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC), a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e o British Council, representadas na ocasião por Thiago Cremasco, coordenador geral de Inovação, Convergência e Plataformas da SAv/MinC; Eduardo Valente, assessor internacional da Ancine e o diretor do British Council no Brasil, Jim Scarth.

Com a vigência da Lei 12.485/2011, os produtores brasileiros caminham para o mesmo patamar de desenvolvimento alcançado pelos britânicos. O protocolo de colaboração assinado nesta manhã tem por base o Memorando de Entendimento entre o Brasil e Reino Unido, sobre o Intercâmbio e Cooperação Cultural datado de junho de 2011. A ferramenta irá contemplar as esferas de coprodução audiovisual e intercâmbio técnico-profissional. A aproximação das duas entidades abrirá um canal de comunicação para troca de experiência entre os produtores dos dois países e unir esforços para avançar as tratativas para que Brasil e Reino Unido firmem um acordo oficial de coprodução internacional para ampliar o intercâmbio cultural e comercial entre os países.

A Inglaterra é um dos mercados alvo da indústria audiovisual brasileira e um modelo a ser seguido. No Reino Unido, a Lei de Comunicações de 2003 exigiu que todos os canais abertos reservassem no mínimo 25% de seu tempo de transmissão para “uma variedade e diversidade de produções independentes”. Em 2009, o horário nobre da TV britânica chegou a ter 50% de produções independentes nos chamados programas originais, isto é, programas inéditos feitos pela própria emissora ou por produtores independentes, o que ajudou a alavancar a produção dos conteúdos nacionais britânicos.

O PACT-UK veio ao Rio de Janeiro a convite da ABPITV para o RioContentMarket com uma delegação de 18 produtoras do Reino Unido. Durante os três dias do evento, os representantes da entidade e seus produtores tiveram encontros com os produtores associados à ABPITV, fizeram apresentação de painéis para o público do evento, além de rodadas de negócios exclusivas para intercâmbio técnico-profissional entre produtores e a discussão de parcerias. 

 

Sobre a Associação Brasileira de Produtoras Independentes de TV (ABPI-TV)

A ABPI-TV reúne produtoras independentes de conteúdo do audiovisual para televisão e novas mídias e conta com 186 associados de diversas regiões do Brasil. Fundada em 1999, no Rio de Janeiro, a associação comemora mais de uma década trabalhando pelos seus principais objetivos: auxiliar no desenvolvimento do mercado audiovisual brasileiro; representar o setor em diversos fóruns de debates; incentivar a produção e novos modelos de negócio; analisar e estimular a utilização da legislação do setor, participando ativamente de suas regulamentações e alterações; oferecer capacitação ao produtor e apoiar a atuação do empresário brasileiro no mercado internacional.

< Voltar